Uma das dúvidas mais frequentes entre microempresários é como cadastrar e registrar seus produtos que não possuem um código de barras.

Em nosso post, mostraremos algumas maneiras de organizar e controlar os produtos do seu negócio.

 

Posso criar um código de barras?

Sim, você consegue elaborar um código de barras para os seus produtos usando um software de gestão ou, se você ainda não possui um, pode fazer o download de alguns programas disponíveis na internet, mas cuidado, você deve verificar  se estes softwares são realmente seguros.

 

Quais são os sistemas de codificação?

Existem alguns sistemas de codificação que facilitam seu controle de estoque e a gestão da sua venda. Veja em quais das opções se enquadra seu negócio no momento:

  • Sistema Alfabético: os materiais são codificados de acordo com as letras do alfabeto.
  • Alfanumérico: a combinação de letras e números possibilita uma maior flexibilidade nos dados.
  • Sistema numérico: possui maior amplitude, tendo inclusive variações importantes, dentre as quais se destaca o Sistema Americano Federal (SUPPLY CLASSIFICATION).

Agora que você já sabe alguns tipos de sistema de codificação, daremos destaque aos dois sistemas mais utilizados pelas empresas:  o sistema decimal e o sistema de código de barras.

 

Sistema Decimal

No Sistema Decimal, a empresa utiliza uma classificação numérica para especificar os diversos tipos de produtos em seu estoque. Veja o exemplo a seguir:

01 – Café
02 – Salagados
03 – Doces
04 – Lanches
05 – Refrigerante
Uma maneira simples, mas que serve para algumas lanchonetes, sorveterias ou cafés. Você tem seu controle de tipos de produtos vinculados com uma numeração.

 

Código de barras

Existem alguns tipos de código de barras sendo utilizados mundo a fora, porém, o mais utilizado entre eles é o EAN que possui algumas variações: EAN 13, EAN 14, EAN/UCC 128. Tais variações permitem codificar os produtos de acordo com suas especificidades.

  1. EAN 13 – possui 13 dígitos seguindo a seguinte ordem de classificação: país + empresa + produto + dígito de controle. Para uma maior facilidade de identificação do EAN 13, cada país estabeleceu um código de identificação. No Brasil, por exemplo, foi atribuído o código 789.
  2. EAN/UCC 14 – é geralmente utilizado no suprimento de contêineres, fardos, etc., portanto, é utilizado com maior frequência na cadeia de suprimento e não para o consumidor final.
  3. EAN/UCC 128 – permite compactar uma quantidade grande de informações utilizando um “espaço relativamente pequeno”. Estas informações podem ser: data de validade, fabricante, data de fabricação, lote, etc.

A utilização desses processos e tecnologias gera uma enorme abrangência em seu negócio, agilizando seu tempo nas vendas, facilitando seu controle de estoque e aumentando sua lucratividade.

Uma vez implantada essas medidas, você terá um maior controle sobre a movimentação de produtos nas vendas, abrindo possibilidade para a implantação de novas ações como promoções de itens que estão parados a algum tempo no estoque.

 

Super Empresa

A Super Empresa sempre estará ao lado do empresário com o intuito de facilitar sua vida quando o assunto for gestão financeira e fiscal. Não importa o tamanho da sua empresa, temos a solução adequada para alavancar ainda mais seu negócio.

Inscreva-se em nossa newsletter e receba sempre ótimas dicas para melhorar seu negócio. Ah, e o melhor, esse conteúdo é gratuito!

WhatsApp
1
Fale com a gente!
Olá podemos ajudar?
Powered by