É provável que não exista nenhuma estratégia de vendas que atraia mais os clientes do que oferecer descontos. Afinal, enquanto consumidores, todos gostamos de pagar valores menores por produtos e serviços que inicialmente custam mais, não é mesmo?

Antes de definir os descontos, entretanto, é fundamental averiguar a fundo os gastos de sua empresa com prestação de serviços, produção, impostos sobre produtos e logística. Analisar as margens de lucro de cada mercadoria e a atual situação do fluxo de caixa do empreendimento também é recomendável. Qualquer posicionamento de mercado para bombar os rendimentos, fidelizar e buscar novos clientes e ultrapassar a concorrência deve ser inteligentemente analisado.

 

Melhores maneiras de oferecer descontos

O interesse dos clientes pelos descontos se intensifica ainda mais quando a promoção representa uma diminuição considerável no valor absoluto – em reais, ao invés de percentualmente – do produto ou serviço adquirido. Isso ocorre porque os consumidores, em geral, têm mais facilidade em visualizar uma vantagem quando o cálculo é mais simples – e não envolve porcentagens, por exemplo.

Portanto, para o empreendedor que deseja promover uma oferta de um produto ou serviço com preço inicial de R$100, é mais vantajoso divulgar um desconto de R$30 do que de 30%. Essa técnica facilita a compreensão e desperta a curiosidade do consumidor.

As promoções progressivas também são opções proveitosas. Isto é, quanto mais produtos ou serviços o cliente comprar, mais descontos ele tem na unidade seguinte. Dessa forma, o lucro é obtido através da alta quantidade de vendas.

E como esquecer das famosas ofertas de “pague dois e leve três”? Este método, amplamente utilizado há muito tempo, é ideal para negociar aquelas mercadorias que estão emperradas no estoque por longos períodos, além de ser muito eficiente para a atração de clientes inéditos.

 

Nem sempre o desconto é a melhor saída

Por outro lado, há produtos e serviços que não devem ser incluídos na sua lista de descontos. Caso contrário, você pode desvalorizar a sua marca. Itens de necessidades básicas ou artigos personalizados normalmente não entram em promoções.

A originalidade e a experiência proporcionada por alguns produtos e serviços compensam o alto preço pago pela mercadoria. E lembre-se: não ceda a todas as tentativas e pedidos de descontos dos clientes. É você quem decide o real valor de seu empreendimento.

Focada em criar soluções para auxiliar os micro e pequenos negócios, a Super Empresa desenvolve sites, lojas virtuais e softwares de gestão de empresas que podem te ajudar a crescer mais rapidamente no mercado. Atualmente, possui mais de 1500 clientes, espalhados em mais de 150 cidades. Conheça os serviços oferecidos pela Super Empresa.

WhatsApp
1
Fale com a gente!
Olá podemos ajudar?
Powered by