Crise econômica. Quantas vezes você já ouviu esse termo nos últimos anos? É fato que o momento econômico, político e social no Brasil é extremamente conturbado e já tem sido assim por algum tempo. É comum presenciar empresas falindo, ideias fracassando e uma sensação de impotência cada vez maior por parte dos empreendedores.

A crise econômica é sim um fator de grande impacto em tudo isso. Porém, um erro fatal dos empresários é atribuir a ela toda a responsabilidade quando algum projeto dá errado ou começa a mostrar resultados menos animadores. Hoje, vamos falar um pouco sobre como tentar driblar a crise econômica e fazer com que sua empresa prospere mesmo nos tempos mais difíceis.

Só você pode combater a crise econômica pela sua empresa

Ninguém tem mais entendimento da empresa do que os próprios empresários. Por isso, quem tem mais capacidade de buscar alternativas é você. A crise econômica é um percalço muito grande, mas não adianta simplesmente culpá-la por tudo e desistir do negócio.

Com certeza, esse não é o primeiro desafio que você está enfrentando. Pode ser o mais difícil, o mais custoso e o mais longo, mas não é o primeiro. Ser empresário no Brasil é uma tarefa burocrática e que exige muito esforço. Por isso, quem atravessou essas dificuldades já provou que tem condições de enfrentar qualquer adversidade.

Você também deve pensar em problemas como fornecedores, preços de produtos ou serviços, organização da empresa, fidelização de clientes e muitos outros, certo? Esse malabarismo diário também prova que você tem sim capacidade de cuidar da sua empresa de uma forma eficiente, apesar da crise econômica.

Tudo começa com planejamento

Se você já faz um acompanhamento minucioso de todos os processos da sua empresa, a determinação dos próximos passos a serem tomados é muito mais fácil. Antes de tomar qualquer decisão, você precisa ter certeza de que conhece sua empresa por completo e tem controle total de todos os números: valores de compra, valores de venda, estoque, clientes e todas as outras informações possíveis. Felizmente, existem ferramentas completas de gestão que transformam esse trabalho em uma tarefa extremamente fácil.

Com esses números em mãos, você pode comparar períodos de tempo e entender exatamente como funcionam os processos internos da sua empresa. Essas informações são valiosíssimas em um momento como o atual, de crise econômica. Com elas, você consegue visualizar com mais clareza os processos que podem ser alterados e a consequência de cada uma dessas alterações no seu negócio.

Vamos dar um exemplo. Imagine uma loja de materiais de construção que não faz o controle ideal do caixa e, por isso, desconhece os períodos do ano em que vende mais. Em época de crise econômica, o proprietário percebe que precisa economizar e decide mudar o horário de funcionamento da loja. Porém, ele não tem aporte algum para escolher o novo horário. Se ele tivesse em mãos as informações concretas de vendas em cada horário, a escolha do momento de abaixar as portas seria muito mais fácil e traria o menor prejuízo possível ao empresário. Por isso, é importante conhecer 100% do seu negócio.

Busque novas formas de vender durante a crise econômica

Não se engane: a crise econômica não está prejudicando 100% dos empresários brasileiros. Muitas empresas estão ganhando dinheiro nesse momento e você também pode entrar para essa turma.

Uma atitude importante é buscar novas ferramentas de vendas. Estamos em um momento em que as tecnologias digitais dominam o mercado. Por isso, elas podem ser utilizadas pelas empresas para oferecer e vender produtos a seus clientes. Na atualidade, estar presente na internet é uma obrigação, com ou sem crise econômica.

Investir em anúncios em redes sociais e no Google tem se mostrado uma estratégia muito interessante nesse sentido. É possível encontrar clientes sem precisar de um vendedor externo e vender para eles sem precisar de um atendente. Além disso, não existe barreira geográfica. Assim, você pode vender para quem quiser, onde quiser.

Porém, a simples adoção das redes sociais e do Google como a salvação da empresa também é um erro. Também existe concorrência dentro dessas plataformas e, por isso, o ideal é contar com um serviço profissional de marketing digital. Pode parecer um investimento supérfluo, mas é uma atitude que te fará economizar em outras áreas e alcançar um público mais extenso.

Aproveite as ferramentas disponíveis

Se hoje os clientes buscam empresas e fazem compras online, não adianta fugir do mundo digital. É necessário se agarrar a todas as possibilidades de venda.

Imagine um restaurante que vende pelo iFood. A empresa responsável pelo aplicativo cobra uma taxa por cada venda realizada pela plataforma. Por isso, vários empresários se queixam dos valores e acabam desistindo do app. O que o potencial cliente do restaurante vai fazer: procurar o telefone do mesmo restaurante em algum lugar ou rolar a tela para ver outras centenas de opções na palma da mão?

A segunda opção parece muito mais provável, não é? Por isso, os empresários devem estar sempre buscando novidades no mercado, principalmente quando o assunto é tecnologia. Assim, é possível unir o conhecimento do próprio negócio a investimentos mais precisos. Dessa forma, você fortalece a empresa mesmo em tempos de crise econômica.

WhatsApp
1
Fale com a gente!
Olá podemos ajudar?
Powered by