Os contribuintes varejistas do estado de São Paulo já estão familiarizados com um moderno equipamento: o Sistema Autenticador e Transmissor (SAT) de Cupons Fiscais Eletrônicos.
Este projeto foi desenvolvido pela Secretaria da Fazenda do estado de São Paulo (SEFAZ/SP) para substituir o obsoleto Emissor de Cupom Fiscal (ECF). Desde 2015, a SEFAZ/SP conduz um processo gradual de mudança para o novo aparelho.
A partir do primeiro dia deste ano, todos os estabelecimentos que faturaram ao menos R$ 80.000,00 em 2017 devem utilizar o SAT.

Entenda como funciona o SAT

O Sistema Autenticador e Transmissor opera integrado a um computador com software de gestão empresarial e a uma impressora que reproduza código de barras bidimensional – também chamado de QR Code.

Dessa maneira, o SAT emite, armazena e transmite eletronicamente os comprovantes de todas as operações comerciais efetuadas no estado mais populoso da nação.

Os Cupons Fiscais Eletrônicos (CF-e) gerados pelo SAT compreendem informações como descrição e valor dos itens negociados com o consumidor final; local, data e hora da transação; valor desembolsado pelo comprador e troco, caso exista.

A autenticação dos CF-e é realizada pelo próprio SAT, através de assinaturas digitais. Para tanto, o contribuinte deve obter um Certificado Digital expedido pelas Autoridades Certificadoras (AC) credenciadas pelo Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI).

Já a transmissão dos Cupons Fiscais Eletrônicos para a Secretaria da Fazenda é executada automaticamente, sempre que o computador estiver conectado à internet. Todos os cupons devem ser encaminhados à SEFAZ em no máximo dez dias após a data da operação de compra e venda.

Portanto, é necessário manter uma conexão periódica e estável com a internet. Atrasos no envio de Cupons Fiscais Eletrônicos podem resultar na invalidação dos documentos, além de problemas com o Fisco.
É recomendável que os empreendedores mantenham o Sistema Autenticador e Transmissor sempre ativo e atualizado, isto é, com a última versão do software básico instalada. Esta prática evita problemas de comunicação com a Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo e deve ser seguida mesmo que o aparelho não esteja em funcionamento.

Vantagens proporcionadas pelo SAT

Assim como a Nota Fiscal Eletrônica e a Nota Fiscal de Serviço Eletrônica, o Sistema Autenticador e Transmissor foi criado com o propósito de facilitar e agilizar os procedimentos diários do contribuinte e a fiscalização tributária do poder público.

Com a implementação do SAT, um equipamento de custos de compra e manutenção relativamente baixos, o empreendedor do estado de São Paulo economiza também com o armazenamento de documentos.
Há ainda benefícios para o consumidor, que pode realizar cancelamentos de compras com mais segurança e acessar os Cupons Fiscais Eletrônicos no programa Nota Fiscal Paulista mais rapidamente.

O que preciso para utilizar o SAT

Primeiramente, você precisa adquirir um sistema de gestão empresarial que faça a emissão de cupom fiscal eletrônico. A Super Empresa oferece o Premium, um programa que facilita o processo de emissão de SAT e interação com a Secretaria da Fazenda do estado de São Paulo. O Premium é uma ótima opção para o empresário que quer centralizar toda a gestão do negócio em um só programa, pois ainda dispõe de atualizações fiscais, backups monitorados, suporte online em tempo real, treinamento ao usuário, serviços inteligentes, controle de estoque e tecnologia de biometria.

Além do software, você também precisará comprar o dispositivo para autenticação e transmissão de cupons fiscais eletrônicos (SAT) e uma impressora não fiscal com impressão térmica. Na Loja da Super Empresa podemos encontrar o Combo SAT Gertec + Impressora Térmica CIS com equipamentos juntos para facilitar e baratear a compra.

WhatsApp
1
Fale com a gente!
Olá podemos ajudar?
Powered by